Pages

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

O Bosque dos Suicidas

- Droga, tô atrasado! – disse Marcelo ao olhar no relógio

Naquela noite ele havia combinado com sua esposa de ir até um aniversário na casa de sua cunhada e , sem ter culpa , acabara ficando preso em uma reunião no trabalho. Sabendo que seu atraso iria gerar brigas com a mulher, o homem estava tenso.

Dirigindo seu carro, decidiu então cortar caminho passando por um bosque que havia na sua cidade, com este trajeto provavelmente encurtaria sua volta para casa em uns 20 minutos. Já seguindo pelo meio da mata escura, o homem lembrou o motivo que levava as pessoas evitar passar por aquele local. O bosque era muito usado em casos de suicídio, o lugar era tão grande e pouco frequentado, que as vezes os restos mortais demoravam meses para serem encontrados.

Um pouco assustado pela aparência macabra que o bosque possuía durante a noite, o homem percebeu que havia alguma coisa na estrada há uns metros a sua frente. Quando se aproximou um pouco mais viu que um casal estava deitado no chão, a beira da estrada. A garota não se mexia e o homem, assim que viu as luzes do carro, acenou para ele.

Mesmo receoso, o homem parou e abriu a janela do carro:

- Qual é o problema amigo ? O que aconteceu? – perguntou

- Nós viemos até aqui cometer suicídio... Nos queríamos nos casar, mas nossos pais proibiram nossa união, por isso viemos até aqui... Mas eu não quero mais que ela morra, por favor nos ajude, nós tomamos um pouco de veneno.

O homem, então, saiu do carro e colocou os dois no banco de trás do carro, correndo para o hospital. A garota não se mexia e ele pensou que o caso deveria ser muito sério. Durante o caminho o homem também acabou ficando inconsciente.

Assim que chegou na emergência do hospital o homem entrou gritando:

- Por favor me ajudem! Tem duas pessoas aqui que estão morrendo.

A equipe colocou o casal em macas e os levou para dentro. Depois de um tempo o médico voltou e foi conversar com o homem.

- Eles estão bem doutor? – perguntou ansioso...

- Vamos ver... – disse o médico preenchendo um papel anexo a uma prancheta. – você disse que os encontrou na floresta, certo? Há quanto tempo?

- Bem... acho que a uns 20 minutos... o homem disse que eles tomaram veneno. A garota estava inconsciente, mas ele me contou toda a sua história, disse que se arrependeu e pediu que eu tivesse pressa para tentar salvar a moça.

 - Bom senhor... – disse o médico. Tudo isso é muito estranho, pois eu examinei os dois e eles estão mortos pelo menos a cinco horas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo