Pages

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

O espelho!


Que bom que você veio!


Alguma vez já ouviu falar que espelhos mostram outras dimensões? Alguma vez achou na internet, revista ou livro sobre a invenção do espelho? Para que o seu criador (ou descobridor) o produziu? Para ver seu reflexo? Tem certeza? 
É assim que eu começo a história de hoje, Fabiano morava em uma pequena cidade, com seus amigos Victor e Natália.  A cidade onde eles moravam era perto de um bosque abandonado.
Os três tinham o costume de explorar lugares não habitados, basicamente esse era o passa-tempo deles, esse bosque não era novidade a eles... Victor e Natália tinham vindo contar ao Fabiano que tinham descoberto algo novo, um livro de bruxaria, que foi encontrado na casa abandonada no final do bosque... 
A lenda dizia que uma bruxa morava lá, e que fora queimada pelos habitantes da cidade, desde então a casa nunca mais foi mexida... Mas eles não acreditavam naquilo, era bobagem! 
Passaram muitas noites lendo o livro, até que encontraram algo muito interessante, algo sobre poder viajar  por várias dimensões e até vê-las pelos espelhos, decidiram então que deviam tentar. Mas não podia ser feita em qualquer lugar, precisavam de um bom lugar, que mais tarde foi decidida ser na casa da bruxa.
Chegaram lá de madrugada, fecharam as janelas que ainda tinham cortinas rasgadas e empoeiradas, compraram velas brancas, e as posicionaram da maneira que acharam melhor, pegaram o grande espelho que havia na casa e o arrastaram para o centro da sala e começaram o "culto".
Alguns minutos depois começaram a ver algo diferente no espelho, não era mais o reflexo deles, era um lugar lindo, encantador. Eles foram chegando perto, maravilhados com a beleza daquele lugar, até que uma sereia apareceu, ela era muito bela. Com a mão fazia sinal para que eles se aproximassem, eles foram se aproximando... Aproximando... Aproximando... 
Algo estranho aconteceu, onde estava aquela bela paisagem? Eles só viam pessoas sofrendo, a sereia se tornou bruxa, e puxou Fabiano pelo braço gritando palavras estranhas, Victor e Natália apenas tiveram tempo de puxa-lo para longe do espelho.
Tempo depois, decidirão guardar isso em segredo! Quebraram o espelho e foram embora. 
Depois daquele dia, Fabiano teve problemas em dormir, tinha muitos pesadelos, não comia mais, muito menos falava...
Até que então decidiu colocar isso em seu blog pessoal. Ele estava digitando seu texto, quando ouviu a porta de entrada da sua casa abrindo. Pensou que fosse seu pai ou sua mãe entrando, perguntou quem era e ninguém respondeu, foi até a porta, fechou-a, e depois caminhou para o seu quarto.
No meio do caminho, passou em frente ao espelho, percebeu que não havia reflexo. Voltou até ele desesperado! Ufa! foi apenas sua mente pregando-lhe uma peça... Voltou a digitar. Algum tempo depois, a energia começou a piscar.
Impaciente, Fabiano se levanta da cadeira. Arruma a energia e depois volta e se assusta com o que vê. Em meio ao seu texto estava escrito: "Vou te pegar!".
Cansado de sofrer, Fabiano vai até a casa da bruxa com a intenção de acabar com tudo.
Jogando gasolina pela casa toda, ascende um fosforo e o fogo começa a lamber toda a casa.
Virou-se para ir embora quando escutou um grito vindo dos cacos do espelho que eles haviam destruído dias antes, era a bruxa, que o agarrou e o puxou para dentro do que sobrara do espelho.
E então, depois desse dia, Fabiano nunca mais fora visto.

Bons pesadelos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo